quinta-feira, 3 de maio de 2018

Sonho

Ontem sonhei que o mundo se enchia de água e que toda a água se enchia de mim. **

Read More...

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Memórias



Lembro-me de ter 5 anos e de passar as manhãs sentada na mesa da cozinha, a desenhar em todos os espaços em branco dos jornais. Eram desenhos com cheiro a matapa, outros com cheiro a caril e os menos sortudos, cheiravam a favas.
Também me lembro de poucos anos mais tarde, muitas vezes adormecer a pedir ao menino Jesus, para acordar na manhã seguinte com o cabelo liso... e loiro. Esse milagre nunca aconteceu (obrigada Senhor) e os meus desenhos continuaram a crescer, à sombra da mesma carapinha de sempre. Fim. **

Read More...

quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Flor

Gosto de guardar pequeninas flores nos bolsos, para que possa viajar em segredo até ao passado, sempre que me apetecer. Porque eu sei que é na ponta dos dedos que o amor pelas coisas começa e também sei que é na palma das mãos que guardamos todo o tempo do mundo. **

Read More...

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Voar mais alto

A ilustração é o meu eterno amigo imaginário.
É um indelével que me realiza e que na nossa paixão me abandona.
Às vezes pergunto-lhe quanto tempo falta e ele responde-me que para eu saber… o nosso primeiro momento tinha que morrer.
Vivemos assim, a soprar as linhas, que teimam em bater certo quando desistimos delas.
Hoje, disse-me ele: "Deixemos de viver para o que possa vir a ser. Temos 362 dias para podermos voar mais alto."
Feliz 2018. **

Read More...

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

** Natal 2017 **

Todos somos mais felizes quando nos permitimos ser verdadeiros, vestidos com cor ou mergulhados num doce preto e branco.
Só assim podemos deixar fugir as palavras, trocar os nomes e esquecer quanto tempo falta.
A ilustrar, *nós* somos livres. 
** feliz natal **

Read More...

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Perfeita


Tentamos encontrar a perfeição em frente ao espelho, aquele espelho que a sociedade oferece às mães, assim que os filhos as ensurdecem com o seu primeiro grito. 
Crescemos e há uma vaidade que cresce connosco, empurrando-nos para a ação, obrigando-nos a atravessar espaços cada vez mais limitados. 
Não autorizamos o reflexo de cicatrizes, não destapamos o que todos dizem ser o que verdadeiramente importa... ao invés disso, embaciamos as feridas, impomos o nosso melhor lado e oxidamos os mais ínfimos defeitos. 
Temos medo. Sim. Temos medo do que nos parece diferente, sentimos vergonha da pobreza e enojamo-nos com a doença até que a mesma nos bata à porta. 
Mas quem seríamos afinal, se não existisse o medo? 
Mostrar-nos-íamos assim, perfeitamente idiotas? **

Read More...

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

** Alice **

As aventuras de Alice no mundo real. **

Read More...

quarta-feira, 21 de junho de 2017

** 1 **

Oscilando entre o 3 e o 4 e ignorando tudo o resto, porque em cada traço, não é tanto aquilo que já foi, ou tudo o que poderia vir a ser. É deixar cair essas histórias que se inventam, é focar o olhar e deixá-los viver, neste eterno agora. **

Read More...

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Sete.. .. . .



Se alguém me editasse numa tela bem comprida, se alguém me dividisse em 7 numa sequência ordenada como acontece no cinema, eu lembrar-me-ia do filme todo e podia finalmente ser uma de mim, em cada dia da (tua) semana. **

Read More...

terça-feira, 7 de março de 2017

Ponto

.

Read More...

terça-feira, 29 de novembro de 2016

JanelaAdentro [uma história à janela]

 
 
Aqui fica uma ilustração feita para o evento JanelaAdentro [uma história à janela], do qual tive o prazer de fazer parte.
Para mais informações veja aqui. **

Read More...

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Outros

E assim, se nunca ninguém nos visse, sentíamo-nos melhor na pele uns dos outros. 
Sem dor. Sem posse. Sem sentimento.
Apenas tacteando no cansaço a beleza.
E na minha crueldade, também o Amor. **

Read More...

terça-feira, 5 de julho de 2016

Tudo e Nada



Senta-te comigo e fala-me de tudo o que te pertence e do nada que em mim transborda.
Fala-me das coisas pequenas que conseguem ter o mesmo peso que coisas muito grandes.
Conta-me aquela história do sonho improvável que termina num horizonte sem nome.
Oferece-me as imensas tristezas e alegrias, que guardaste ontem nos meus olhos pouco antes do mundo adormecer.
Deixa cair esse pano, porque essa língua que murmuras, também deseja ser falada.
E no fim vais ver, que pouco importa como começa... aquilo que na tua cabeça nunca acaba. **

Read More...

quarta-feira, 8 de junho de 2016

♥︎ Agora também estou na Loja THIS & THAT ♥︎

As minhas ilustrações e os meus Bonecos Articulados de Cartão, na Loja mais bonita do Cais do Sodré. ♥︎

THIS & THAT - Loja de Presentes
Rua do Ferragial 3, Lisboa.


Visitem também a minha Loja virtual. ;) **

Read More...

terça-feira, 31 de maio de 2016

** VAI MAS VOLTA - LOJA ONLINE **


Depois de muitos pedidos por parte de muitas famílias, surgiu a minha Loja online: 

Estão todos convidados para ir conhecer o meu novo espaço. 

**

Read More...